Fundação começa recuperação do Centro Cultural e constrói maternidade

A Fundação Hospitalar da Mata Atlântica vive uma nova fase, em que os avanços vão se ampliando como resultado dos esforços da sua equipe e dos inúmeros colaboradores. Em junho, o Projeto Fundação Itinerante, foi inaugurado com atendimento de centenas de moradores de Leoventura. Agora, depois da inauguração dos serviços de cardiologia, a FHMA está construindo uma nova maternidade.

Hoje, vários jovens do entorno da Fundação, já se divertiram após a limpeza do pavilhão central

 

“Estamos ampliando os serviços e também a estrutura. Além da construção da nova maternidade, estamos recuperando a Centro Cultural que ficou abandonado e foi vandalizado, depois da retirada dos guardas municipais. Assumimos a reforma e iremos buscar parcerias com o IFBA, trazer cursos e alocar unidades de serviços sociais, como a capoeira e serviços sociais das igrejas, para que a sociedade volte a utilizar esse centro”, disse Dr. Almir, superintendente médico da Fundação.

 

Depois da retirada do vigilância, o local foi depredado e era utilizado por usuários químicos

 

O médico também destacou o empenho do assessor de relações institucionais da FHMA. “Agradeço a Nego Elder, a coordenadora da regulação da Fundação,  Glaucia e  Sângela, nossa colaboradora no ambulatório, que envolveram  patrocinadores, famílias e estão trabalhando duro pela reestruturação do Centro Cultural. Agradeço também aos nossos companheiros Uelmison, Vinícius Quinto, Mariana e Davi, dentre outras pessoas que contribuíram com essa ação”.

  

Equipe da Fundação e voluntários, durante a limpeza realizada hoje, 16/07

Tiago Oliveira de 21 anos, fazia capoeira, dança, aulas de reforço escolar, informática, pintura e teatro no antigo Centro. A partir dessa experiência, hoje dá aulas de capoeira para outros jovens num projeto social aqui de Camacã. Já Juliana Oliveira, 18 anos, também frequentava o Centro, onde fazia aulas de dança com outros 15 jovens no grupo Style Dance e hoje ajudou na operação de limpeza, que envolveu até um  carro pipa cedido pela prefeitura de Santa Luzia.

Juliana e Tiago: dois jovens que frequentaram o antigo Centro Cultural e que hoje voltaram para colaborar com a limpeza

NOVA MATERNIDADE

A FHMA já adquiriu parte dos equipamentos para o parto humanizado, conforme é preconizado pelo Rede Cegonha, do Ministério da Saúde. Também  realizou curso de doulas, ministrado por Dr. Benício. As doulas estão atendendo as gestantes desde a entrada até a alta hospitalar

Em breve, a nova maternidade realizará até 140 partos normais/mês. A obra está em curso e será entregue nos próximos meses.

Em construção, a nova maternidade vai realizar até 140/mês

Author Info

nossafhma

No Comments

Post a Comment